WE DESIGNIMAGINATION

A importância do não

E como esta palavra pode ser importante para estabelecer limites tanto na sua vida profissional como na pessoal

Nem todo mundo tem habilidade suficiente para dizer “não”, seja na vida profissional como na pessoal. E razões para isso não faltam: às vezes, realmente queremos ajudar, ou apenas estamos com medo de perder uma oportunidade ou de estar sendo rudes. Há quem sempre diga sim para evitar conflitos, rejeições ou porque não quer ser a única pessoa do grupo a discordar com alguma coisa e, de quebra, ainda ter de carregar a imagem de “do contra”. O problema é que quem nunca diz “não” também sai perdendo em muitas situações – basta pensar um pouco e você terá seus próprios exemplos pessoais.

Aprender a dizer não nada mais é do que uma forma de se estabelecer limites, evitando estresse desnecessário por ter se comprometido com mais coisas que você pode fazer – ou com algo que você realmente não quer fazer. Profissionalmente falando, isso é o tipo de coisa que prejudica a produtividade, deixa a gente mal humorado e muitas vezes infeliz.

dizernao1

O consultor Peter Bregman enumerou algumas ideias que podem ser úteis para quem precisa aprender a dizer não:

Conheça o seu não
Para se dizer não, antes de mais nada é preciso definir nossas prioridades. Quando sabemos porque estamos dizendo não, de maneira consciente, fazemos isso com mais confiança.

Aprecie o pedido do outro
Quando alguém nos pede alguma coisa, é porque confia na nossa capacidade de executar aquela tarefa. Então, agradeça a oportunidade/lembrança.

Diga não ao pedido, não a quem pede
Ao dizer não, lembre-se de agradecer o convite/pedido, mas que desta vez não será possível. Lembre-se de deixar a porta aberta para uma próxima oportunidade, se este for o seu objetivo.

Explique a razão
Ter uma razão para negar um pedido/convite e ser honesto em relação a ela pode fazer grande diferença.

Seja tão resoluto quanto o outro é insistente
E se suas razões não são o suficiente para o outro e ele continuar insistindo, lembre-se que você também pode insistir em sua resposta negativa, afinal, você tem seus motivos para declinar o convite/pedido.

Pratique
Comece com situações mais fáceis. Dizer “não, obrigado” quando alguém oferece algo, é um bom começo. E por aí adiante.

Estabeleça um não preventivo
Todos temos situações recorrentes de convites/pedidos que sabemos que vão acontecer em algum momento. Se você sabe quais são eles, já tenha uma conversa de antemão para falar sobre suas razões/planos, antes que o convite/pedido aconteça. Daí, quando acontecer, você pode lembrar o outro da conversa anterior.

Prepare-se para perder algumas coisas
Dizer não é difícil porque implica em perdermos algumas oportunidades. Infelizmente, tudo na vida se resume às escolhas que fazemos. E uma escolha implica sempre em abrir mão de algo para se obter algo.

Seja corajoso
Se você está mais acostumado a dizer sim do que não, em algum momento você acabará se sentindo culpado ao negar um pedido/convite. É preciso coragem para dar não só o primeiro passo, mas também os seguintes, especialmente em se tratando de estabelecer limites. Coloque tudo em uma balança e você encontrará a coragem que precisa para seguir adiante.


0

0

COMENTÁRIOS

A GUM BOY (Masaki OKUDA)

8 de dezembro de 2015

CANETTE CELESTE – LE FILM

4 de dezembro de 2015

Loteria TVC

3 de dezembro de 2015

Whoosh

2 de dezembro de 2015

Lost Property

1 de dezembro de 2015

#Einstein100 – General Relativity

30 de novembro de 2015

Our Fractal Brains

16 de novembro de 2015

Escargore

13 de novembro de 2015

Body of Songs: Appendix

12 de novembro de 2015